Ortodontia

ORTODONTIA

A ortodontia é a especialidade da odontologia que trabalha o posicionamento dos dentes e ossos da boca para regular seu funcionamento.

Mas dentro da ortodontia existe também uma área que atua diretamente sob os ossos, músculos e articulações da face. Essa área é a ortopedia facial.

O principal fator que costuma levar os pacientes a procurar um tratamento ortodôntico é a estética, pela busca do sorriso perfeito, com dentes alinhados e retos.

Os aparelhos ortodônticos podem ser prateados, coloridos,  transparentes ou até mesmo invisíveis . São vários modelos para cada tipo de má oclusão, mas podemos genericamente dividir em aparelhos fixos e móveis que podem ter efeitos nos dentes (ortodônticos) e na estrutura óssea que sustenta os dentes (ortopédicos).

Quando criança, os dentes decíduos (dente de leite) ou dentes definitivos podem apresentar irregularidades, indicando a necessidade de ir a um ortodontista para avaliar, prevenir ou eliminar problemas futuros. Pois, tratados durante a fase de crescimento são mais eficientes, o tempo de tratamento diminui ou não se torna mais necessário o uso de aparelho ou de cirurgia corretiva na fase adulta. Existem exceções.

É importante ressaltar que além das crianças, jovens e adultos, os idosos também podem se beneficiam com tratamentos mais eficientes e estéticos, basta que os dentes e ossos estejam saudáveis.

Um dos principais benefícios do tratamento ortodôntico estão:

  • Benefícios Estéticos: Pela correção do posicionamento dos dentes, podendo deixar os lábios mais volumosos.
  • Melhora das funções da boca: A dicção, a fala e a respiração.
  • Evitar dores de cabeça: Consequência de problemas de mordida e de mastigação podem causar fortes tensões musculares que têm como consequências dores de cabeça.
  • Evitar problemas bucais: os dentes e a mordida correta evitam áreas de acúmulo de sujeira que causa problemas bucais.
  • Benefícios psicológicos: melhora estética, aumenta a autoestima das pessoas, podendo influenciar em sua personalidade e vida social.

O ortodontista indicará o aparelho que melhor se adequará ao paciente. É importante ressaltar que além das crianças, jovens e adultos, os idosos também podem se beneficiar com tratamentos mais eficientes e estéticos, basta que os dentes e ossos estejam saudáveis.

before after
TIPOS DE APARELHOS
  • Aparelho fixo metálico
  • Aparelho fixo estético
  • Aparelho móvel
  • Aparelho autoligado metálico
  • Aparelho autoligado estético
  • Alinhadores invisíveis

Existem quatro tipos diferentes de aparelho ortodôntico:

Bráquetes de porcelana

Bráquetes de Safira

Aparelho fixo tradicional (estético):

É uma excelente opção para quem quer e precisa corrigir a má formação sem deixar de lado a estética e a aparência. A procura por esse tipo de aparelho vem aumentando cada vez mais. Possui a mesma função que o aparelho de metal.

Os braquetes são feitos, em geral, de policarbonato (menos usado por alterar de cor), porcelana ou safira. Cada um com um grau diferente de translucidez. Além de discretos, eles não desgastam e proporcionam mais segurança e beleza ao sorriso do paciente.

Aparelho fixo tradicional (Metálico):

Ele é fixado nos dentes, sendo constituído por bandas, bráquetes e fio ou arco ortodôntico. Geralmente utilizados na dentição permanente de adolescentes e adultos.  Os aparelhos fixos atuais estão muito mais anatômicos e confortáveis. O aparelho fixo realiza movimentos mais precisos e pode ser escolhido entre os modelos metálico ou estético.

Aparelho autoligado (metálico ou estético):

Os bráquetes apresentam um design menor, discretos, mais confortável, seguram melhor os arcos ou fios ortodônticos, tem um menor tempo de tratamento e sem uso da famosa borrachinha colorida.

Aparelho móvel:

É mais utilizado em pacientes crianças ou durante a troca para  dentição definitiva com a função de manter espaços ou recuperar espaço para a futura dentição permanente. Além disso, é indicado após o uso de aparelho fixo, como contenção.

Mesmo sendo móvel, seu uso deve ser constante, conforme o tempo determinado pelo ortodontista.

Alinhadores invisíveis ou alinhadores removíveis:

Tratamento inovador utilizado em tratamentos estéticos com uso diário e constante. Serve para corrigir problemas ortodônticos mais leves e discretos. É realizado um conjunto sequencial de moldeiras termoplásticas, são produzidos através de softwares que permitem visualizar os planejamentos e resultados pretendidos.

A vantagem que ele é móvel, podendo ser retirado para comer e higienizar, com menos incômodo durante o tratamento e mais eficiência nos resultados.

Aparelho Lingual:

É indicado para casos mais simples e de curto tempo, com a mesma função do fixo. Os acessórios são colados por trás dos dentes, também chamado de ortodontia invisível. Antes de se iniciar um tratamento ortodôntico, é essencial que a saúde bucal esteja em dia pois interferi no tratamento ortodôntico.

Para um tratamento ortodôntico eficiente sem interferências no tempo planejado sigam nossas recomendações:

  • Não faltar às consultas de manutenção, realizadas uma vez ao mês;
  • Evitar comer alimentos mais duros, crocantes ou grudentos;
  • Cortar os alimentos para facilitar a mastigação para evitar danos nas estruturas do aparelho;
  • Ter uma higiene bucal adequada;
  • Se houver dúvidas importantes, quebra ou qualquer outra alteração nas peças do aparelho informe ao ortodontista.
Existem dispositivos que facilitam a limpeza dos dentes e do aparelho, que são:

SOLICITAR CONSULTA

Preencha o formulário e entraremos em contato durante o horário de trabalho.

Facebook
Instagram